21/03 17:35

Exposição de produtos e rodas de diálogo marcam comemorações do Dia Mundial do Artesão

Mãos hábeis e muita criatividade para transformar tudo em arte. O talento dos artesãos maranhenses foi o destaque do evento promovido pela Secretaria Estadual de Cultura e Turismo (Sectur), no último sábado (19), no Centro de Promoção Artesanal do Maranhão (Ceprama). O encontro comemorou o Dia Mundial do Artesão com programação diversificada, com rodas de diálogo, exposição do artesanato produzido no estado e atrações culturais.

Tradicionalmente, os cerca de 8 mil artesãos maranhenses atuam na produção do artesanato com a fibra de buriti, na confecção de barcos, renda de bilro e da pintura de azulejos. Para a secretária adjunta de Cultura, Vanessa Leite, que participou da programação, o Governo do Maranhão estabelece proximidade no relacionamento com os artesãos como forma de potencializar sua capacidade produtiva e qualificação, com atividades genuinamente maranhenses.

“Reconhecemos que o artesanato do Maranhão é único, além de ser uma forte expressão da nossa cultura e fonte de atração de turistas. Por isso, realizamos eventos como este, que visam valorizar os nossos artesãos e também gerar capacitação, para que os trabalhos sejam sempre aprimorados”, destacou Vanessa Leite.

O artesão e artista plástico José Alencar tem 49 anos e há 30 trabalha na área. Ele é um dos expositores do Ceprama e compõe peças com material reciclado. Sua arte transforma potinhos de plástico descartáveis em boizinhos enfeitados, cria belos pássaros e tradicionais carrancas a partir de objetos que já haviam sido eliminados. O artista participou da roda de diálogos promovida pelo Governo do Maranhão e considerou uma experiência proveitosa. “A importância desse trabalho é fazer com que nosso trabalho seja conhecido e valorizado, abre um leque imenso de possibilidades, e permite que nosso trabalho seja divulgado”, disse José Alencar.

Artesãos de várias as partes do estado, estudantes e visitantes participaram do evento, que tratou, dentre outras temáticas, do Programa Mais Artesanato, sua aplicação e ações, além de diálogos sobre salvaguarda da identidade do artesanato e profissão de artesão. De acordo com a coordenadora do Programa do Artesanato Brasileiro no Maranhão, Viviane de Jesus, o debate com o grupo de artesãos e o incentivo através de programas de governo são ações diretamente ligadas ao avanço desse mercado no estado.

“É muito simbólico fazermos uma roda de diálogos com eles no Dia do Artesão, porque é um momento de troca e de construção da política que o governador Flávio Dino propôs de desenvolvimento e fomento ao artesanato maranhense através do Programa Mais Artesanato. A ideia é que possamos desenvolver e valorizar o artesanato através da produção artesanal, incentivar e apoiar o acesso ao mercado, através da promoção e participação de feiras e apresentando possibilidade de acesso a crédito que se adeque à realidade de cada um”, explicou Viviane de Jesus.

No início da tarde de sábado, uma demonstração prática de cada modalidade artesanal foi montada no Ceprama: a apresentação “Fazeres dos mestres artesãos maranhenses” trouxe o passo a passo do fazer e da riqueza da produção do artesanato no estado.

DIA DO ARTESÃO

O Dia Mundial do Artesão é comemorado em 19 de março por ser o dia de São José, marceneiro reconhecido como primeiro artesão da história da humanidade e padroeiro dos artesãos.

Contatos

contatos

Avenida dos Holandeses, 9,
Quadra. 33,
São Luís - MA

Tel: 98 3232-0995 | 3231-0822

Links Úteis
Localização

localização

Click to open larger map