29/02 21:04

Governo investe em infraestrutura para potencializar atração de turistas para a Rota das Emoções

Impulso para o turismo, estímulo para a economia e alternativa sustentável de lazer e cultura. A retomada da Rota das Emoções representa a movimentação de uma grande cadeia produtiva culminando com a geração de emprego, renda e negócios aos estados do Maranhão, Piauí e Ceará, que integram o roteiro. Ciente desta gama de possibilidades e da potencialidade deste destino, o governador Flávio Dino firmou protocolo de ações com os governos piauiense e cearense pelo retorno da Rota.

A contrapartida do Maranhão se dará no aporte de recursos para investimento direto em projetos e na execução de uma série de obras com fins a melhorar o acesso aos destinos maranhenses. A Rota das Emoções envolve 14 municípios, sendo o Maranhão com o maior número de cidades participantes – Araioses, Barreirinhas, Paulino Neves, Santo Amaro, Tutóia e, neste novo ciclo, a inclusão do município de Água Doce do Maranhão. “Os três Estados estão unidos em razão de um bem maior, que é a busca pelos caminhos do desenvolvimento fortalecendo o turismo, a economia e possibilitando o lazer com fins a consolidar a Rota das Emoções”, enfatizou o governador.

A assinatura do protocolo de parceria para retomada da Rota foi firmada entre os governadores dos três estados e será executado por meio da Agência de Desenvolvimento Regional Sustentável (ADRS), que também foi reativada. O itinerário da Rota agrega, entre outros, as regiões consolidadas como áreas de preservação ambiental, sendo os Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas (MA), o Delta do Parnaíba (PI) e o Parque Nacional de Jericoacara, no Ceará. A ação compartilhada entre os três estados vai promover, capacitar e fortalecer o turismo sustentável nas regiões.
Constam no plano de obras do Governo do Maranhão a construção de estradas, de um aeroporto, investimentos em atividades das regiões. Melhorias em saneamento básico, qualificação da mão de obra e incentivo à cultura destas localidades, que somam ao planejamento do Governo do Maranhão para impulsionar o destino. O objetivo é garantir acesso, segurança e consolidar a cadeia produtiva que gira em torno deste roteiro.

“É de grande importância o apoio do governador Flávio Dino para retomada desta rota com o investimento em políticas públicas para atrair turistas e promover o desenvolvimento do destino”, ressaltou o secretário de Estado de Cultura e Turismo (Sectur), Diego Galdino.

Infraestrutura

Construção da estrada ligando a cidade de Paulino Neves a Barreirinhas. Foto: Nael Reis/Secap

A estrada ligando a cidade de Paulino Neves a Barreirinhas terá 34 quilômetros, sendo de responsabilidade do Governo do Estado a pavimentação da rodovia. Esta integrará o circuito entre Barreirinhas e o Parque Nacional de Jericoacoara, passando ainda pela área de proteção ambiental do Delta do Parnaíba. O acesso vai diminuir o trajeto entre Jericoacoara (CE) e os Lençóis Maranhenses. Beneficia, ainda, condutores de caminhões de carga que terão economia de tempo e de dinheiro.

A obra é executada em parceria com Omega Energia, a quem cabe a construção da estrada e a instalação de um complexo de energia eólica. O projeto é aplicado em outros 15 estados brasileiros e tem como foco a economia de energia a partir do aproveitamento das potencialidades da região. “Essa obra vai somar para aquecer a economia local e diminuir a distância entre as cidades dessa região tão importante”, aponta o secretário de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Clayton Noleto.

Em Paulino Neves está sendo construída uma ponte de concreto sobre o Rio Novo. Ela terá 140 metros de extensão e 12 metros de largura, possibilitando a passagem de vários veículos por vez. Serão duas pistas, ciclovia e área protegida para pedestres. A ponte tem previsão de conclusão para novembro e vai substituir a construção de madeira que permitia passagem de apenas um veículo. Complementando as ações de infraestrutura da Rota, por meio do programa ‘Mais Asfalto’, o governo reestrutura e pavimenta rodovias e via urbanas na região dos Lençóis Maranhenses. Com recursos de R$ 117 milhões o projeto engloba a construção da MA-320, com 47 km de extensão, ligando o povoado de Sangue ao município de Santo Amaro.

Incremento nos negócios

No que refere aos recursos, os estados participantes vão investir R$ 1,5 milhão a serem aplicados na promoção da rota, no apoio à comercialização de produtos, qualificação de agentes do setor e o fortalecimento dos municípios integrantes. O empresariado do setor parabenizou a iniciativa do Governo do Maranhão por reavivar um roteiro de grande importância para o polo do turismo, de visitação e de negócios. Segundo a categoria, era esperado há muito o retorno deste roteiro que vai impactar positivamente na área e demais setores relacionados.

O presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes de São Luís (Sindhorbs), Paulo Coelho, disse que retomada dos trabalhos é a realização de um sonho. “Sempre quisemos e lutamos por isso há muito tempo. O apoio do poder público é um elo, uma engrenagem que vai ligar importantes polos do turismo e todos os negócios relacionados ao setor”, avaliou.

A diretora de receptivos da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Maranhão (Abav-MA), Ana Carolina Medeiros, avaliou positivamente as ações de retomada da Rota. “Essa retomada vai trazer melhorias, avanços e mais visibilidade aos estados envolvidos. É um avanço muito grande ter a Rota das Emoções retomada e promovendo os nossos três estados”, destacou.

Mais mobilidade

Construção da ponte de concreto em Paulino Neves. Foto: Nael Reis/Secap

Consolidado como um dos destinos mais importantes do Brasil, a Rota das Emoções é capaz de atrair tanto o turismo nacional, quanto o turismo internacional. Pensando nesse viés, o governador Flávio Dino retomou a obra do aeroporto de Barreirinhas. A ordem de serviço já foi assinada e serão aplicados R$ 4,8 milhões para a conclusão dos trabalhos. O espaço vai contar com edificações do terminal de passageiros, serviços de asfaltamento por meio das ações do programa ‘Mais Asfalto’ e terá acessos ao centro da cidade para garantir a mobilidade dos visitantes da Rota.

A secretária adjunta da Sectur, Delma Andrade, pontuou o empenho do governador Flávio Dino em garantir que o aeroporto tenha voos em operação assim que for inaugurado. A estratégia é desonerar custos para ampliar a presença das companhias aéras no estado. “O governador determinou que intensificássemos o trabalho e estamos atuando na garantia de benefícios ao Estado e na oferta de serviços pelas companhias aéreas”, explicou Delma Andrade.

Ainda na avaliação da secretária adjunta, a importância do aeroporto se consolida por ser a “porta de entrada para o destino turístico, interligando as três regiões”. As rotas de voos estão em fase de definição. A obra do aeroporto de Barreirinhas foi iniciada ainda na gestão do ex-governador Jackson Lago, mas abandonada pela gestão seguinte. O aeroporto tem previsão de entrega em maio.

Rota do desenvolvimento

Lençóis Maranhenses integram a Rota das Emoções. Foto: Nael Reis/Secap

Em 10 anos de realização, a Rota das Emoções aportou mais de R$ 10 milhões em quatro ciclos de projetos, envolvendo 1.178 empresas do território que tiveram quase R$ 300 milhões de retorno financeiro e já empregam, diretamente, sete mil pessoas. Os dados são do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). O órgão aponta que, referente aos negócios gerados com o roteiro, 86% deles são formalizados, sendo 56% microempresas, 26% de microempreendedores individuais, 2% de empresas de pequeno porte e 2% de cooperativas e associações.
A taxa de ocupação dos meios de hospedagem que participam das ações da Rota é de 12%, sendo ofertados mais de 10.200 leitos. O número é superior à ocupação de 6% das demais pousadas e hotéis localizados no roteiro. Ainda segundo o Sebrae, são registradas, ainda, 43 agências de viagens parceiras no destino e nos portais de entrada (capitais São Luís, Teresina e Fortaleza) e 44 operadores nacionais e internacionais comercializando o roteiro.

Contatos

contatos

Avenida dos Holandeses, 9,
Quadra. 33,
São Luís - MA

Tel: 98 3232-0995 | 3231-0822

Links Úteis
Localização

localização

Click to open larger map