Facebook Twitter Instagram

Serras Guajajaras Timbira Kanela

cachoeira da fumaça

Cachoeira da Fumaça

 

Longe dos roteiros turísticos tradicionais dos grandes centros e do litoral brasileiro, a região se destaca por oferecer beleza e descanso de forma simples e relaxante.

O Maranhão, composto por cinco biomas e coberto por mata Atlântica e Floresta Amazônica é um dos principais destinos turísticos do país, principalmente onde as pessoas buscam atrativos naturais para conhecer e relaxar.

Entre os municípios com grande potencial turístico regional que vem se preparando para, cada vez mais, atender melhor o turista é a cidade de Barra do Corda, a 425 quilômetros de São Luís. Com cerca de 82 mil habitantes, a cidade foi fundada em 1835, logo às margens dos rios Corda e Mearim. O local se destaca por proporcionar um dos melhores e mais seguros carnavais do Maranhão, atraindo visitantes de diversas regiões do estado.

De fácil acesso, o território onde a cidade foi fundada pertencia às tribos dos índios Canelas, do Tronco dos Gês e Guajajaras, da linhagem Tupi – fator histórico que inclui o município no mais novo polo turístico do Maranhão, o Polo Turístico Regional das Serras, Guajajara, Timbira e Kanela.

Com forte vocação para o ecoturismo, a cidade também oferece opções para o turismo de experiência, que inova ou complementa os atrativos de um destino, tendo em vista a emoção e o conhecimento que as experiências com a cultura local podem proporcionar ao turista. A proposta acompanha a tendência da Economia de Experiência – que se firma como uma forma de atuação do mercado turístico brasileiro.

A Cachoeira da Fumaça e a Cachoeira Grande, por exemplo, são os destinos preferidos dos turistas, quando já cessaram as chuvas, e é possível relaxar com o ambiente e admirar as belezas naturais

Barra do Corda é banhada por dois grandes rios, além de ter cachoeiras fantásticas e as aldeias indígenas, que oferecem artesanato e uma experiência diferenciada

As duas cachoeiras mais conhecidas da cidade, às aldeias indígenas Cachoeira e Kwarahy, à Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição – edificação que traz uma homenagem à missão capuchinha vítima do Massacre de Alto Alegre.

Barra do Corda tem em sua história um fato de grande repercussão histórica, conhecido como o Massacre da Colônia Alto Alegre, uma revolta dos indígenas locais contra uma missão religiosa capuchinha com consequências trágicas e mais de 200 pessoas mortas, ocorrida em 1901 – o que atrai a curiosidade dos visitantes.

Polo Serras Guajajara, Timbira e Canela: Desenvolvimento

  1. Barra do Corda
  2. Grajaú

Endereço

Secretaria de Estado do Turismo - SETUR

Av. Dom Pedro II,
Pça da Mãe d'Água,
Nº. 32 - Centro
CEP: 65010-450

São Luís - Maranhão

E-mail para contato:

ascomseturma@gmail.com

Encontre no Mapa

Desenvolvido pela Sec. Adj. de Tecnologia da Informação - SEATI